DICAS
INFORMACIÓN
VIDEOS
RECURSOS
NOTICIAS

DICAS

para ajudar a proteger sua família

DICAS

para ajudar a proteger sua família

Ficha técnica: O que é DEET?

O N,N-dietil-meta-toluamida, também conhecido como DEET, é um ingrediente ativo encontrado nas fórmulas de muitos repelentes pessoais. Trata-se de um líquido praticamente incolor com um odor fraco característico.

Em 1946, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (United States Department of Agriculture, USDA) desenvolveu o DEET para ser utilizado pelo Exército daquele país. O líquido foi disponibilizado para a população em 1957. Hoje, o DEET está cadastrado como um repelente pessoal de insetos para aplicação direta na pele e pode ser usado em adultos e crianças quando utilizado conforme instruído pelo rótulo.

Como atua o DEET?

O DEET é um ingrediente ativo encontrado nas fórmulas de muitos repelentes. Pensem nos repelentes como mecanismos de obstrução de radares. Muitos insetos, inclusive mosquitos fêmea adultos, são atraídos até nós pelo odor do gás de dióxido de carbono (CO2) que exalamos. O repelente afeta os receptores olfativos nos insetos que picam, dificultando que eles nos reconheçam como uma fonte de alimentação.

O que significam as diferentes concentrações de DEET?

Em geral, as diferentes concentrações de um ingrediente ativo como o DEET em um repelente pessoal se relacionam com diferentes períodos de duração da proteção, e não com o efeito causado pelo repelente. Repelentes pessoais com níveis maiores de ingredientes ativos ou DEET terão efeito por mais tempo do que aqueles com níveis inferiores do mesmo ingrediente ativo. Sempre leia o rótulo e siga as instruções de uso.

O que as autoridades dizem sobre o DEET?

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (Centers for Disease Control and Prevention, CDC) dos EUA recomendam repelentes com ingredientes ativos, inclusive DEET e picaridina. Segundo os CDC, o DEET fornece uma proteção eficaz e confiável contra os mosquitos. Além disso, repelentes de insetos que contêm DEET são aprovados para uso em seres humanos quando aplicados de acordo com as instruções do rótulo.

A Organização Mundial da Saúde e os CDC consideram o DEET eficaz para repelir mosquitos, inclusive o mosquito Aedes aegypti, que poderá transmitir o vírus zika, o vírus da febre da dengue e chikungunya.