DICAS
INFORMACIÓN
VIDEOS
RECURSOS
NOTICIAS

INFORMAÇÕES

dos nossos especialistas em mosquitos

INFORMAÇÕES

dos nossos especialistas em mosquitos

Como o vírus zika é transmitido e onde ele está?

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, acredita-se que o vírus zika é transmitido de uma pessoa para um mosquito, e deste para outra pessoa.

Isso significa que, para que o zika se propague em uma determinada região, dois aspectos devem estar presentes: uma pessoa que seja afetada pelo vírus zika E TAMBÉM o mosquito Aedes aegypti – ou possivelmente o mosquito Aedes albopictus – para transmiti-lo a outras pessoas. Se você estiver preocupado com uma possível transmissão do vírus em sua região, verifique se AMBOS os fatores estão presentes.

Em geral, esses mosquitos vivem em áreas tropicais e subtropicais, incluindo algumas regiões do sul e do sudeste dos Estados Unidos. Para ver o habitat atual do mosquito Aedes aegypti ou Aedes albopictus nos Estados Unidos, clique aqui e consulte um mapa dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças do país, que mostra sua distribuição aproximada.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA relatam que, em situações raras, houve registros de transmissão do vírus zika por meio de transfusão sanguínea e contato sexual.

Onde está o vírus zika?

Você pode conferir o site do Centro Europeu de Controle e Prevenção de Doenças (European Centre for Disease Prevention and Control, ECDC) aqui para ver quais locais apresentam surtos ativos de zika em um determinado dia. Espera-se que, com o tempo, o vírus zika possa se disseminar a outras regiões.

Um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) publicado em 18/5/2016 indica que, assim como foi observado nas Américas, o risco de surto do vírus zika na Europa é moderado a baixo. Isso ocorre principalmente porque o mosquito conhecido por ser responsável pelo surto da doença nas Américas (Aedes aegypti) não está disseminado na Europa, embora esteja estabelecido em áreas limitadas, como a Ilha da Madeira e a costa nordeste do Mar Negro.

Esse vírus ainda não foi relatado como um surto que esteja sendo propagado pela área continental dos Estados Unidos, pelo Alasca ou Havaí.

Houve casos reportados de infecções por zika em pessoas que podem ter viajado a locais que atualmente apresentam surtos da doença, como é o caso do Brasil.